Quarta, 17 de Janeiro de 2018

Ao lançar Simone para o Senado, André tumulta ainda mais o PMDB

24 FEV 2009Por 19h:00
     

ADILSON TRINDADE E LÍVIA FERREIRA

 

O governador André Puccinelli pode tumultuar ainda mais o ambiente no PMDB com o lançamento da prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet, para disputar o Senado pelo partido. Como vem declarando que o PMDB só terá um candidato a senador, o governador acabou excluindo o senador Valter Pereira e o deputado federal Waldemir Moka de concorrer ao Senado - tanto que, na última sexta feira, André declarou, em Três Lagoas, não ver empecilho nenhum em "tirar um cavalheiro e colocar uma dama".

A segunda vaga seria entregue a um aliado, de preferência ao senador Delcídio do Amaral (PT), que ainda resiste à ideia de se juntar ao governador em 2010.

O entrave para acertar aliança é que o governador voltou a bombardear o PT e o ex-govenador José Orcírio dos Santos, que ressurgiu do ostracismo como pré-candidato à sucessão estadual em 2010.

Só pelo fato de defender apenas um candidato a senador, o governador já deflagrou uma disputa dura dentro do partido.

Leia Também