Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

Interior

Ao fugir da polícia, jovem cai de motocicleta e pode ter ficado paraplégico

14 MAR 2011Por Edição MS16h:40

Helton Ferreira de Lima, de 26 anos, pode ter ficado gravemente ferido ao cair da motocicleta Honda CBR 300R, placa HTM-9312 de Chapadão do Sul, no final da manhã desta segunda-feira (14). Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Regional Álvaro Fontoura.

Conforme os bombeiros, o jovem apresentava um quadro de paralisia nas pernas, mas o caso ainda será analisado pela equipe médica do HR. Lima caiu na zona rural de Coxim, na região do Buritizinho, enquanto fugia da PRF (Polícia Rodoviária Federal). O local tem várias estradas vicinais, dificultando o acesso. Apesar da dificuldade, a reportagem do Edição de Notícias conseguiu acompanhar o caso com exclusividade.

O jovem trafegava pela BR-359, de Alcinópolis para Coxim, quando recebeu ordem de parada da PRF. Além de não atender, Lima tentou atropelar um dos policiais rodoviários federais e deu início a fuga. Imediatamente, a PRF saiu em perseguição. O jovem conseguiu fugir por aproximadamente 18 quilômetros, até cair.

Ao ser questionado sobre o motivo da fuga, Lima respondeu que está com o documento da motocicleta atrasado. Agora, Lima deve responder por tentativa de homicídio, desobediência e direção perigosa.

OUTRO CRIME – O jovem é réu confesso do assassinato de Gilmar José Bezerra, o “Gilmarzinho do Pequi”, que foi executado a tiros em outubro de 2009, no bairro Senhor Divino, em Coxim. Dez dias após o crime, Lima se apresentou e confessou o crime. Ele responde pelo crime de homicídio doloso em liberdade.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também