Terça, 12 de Dezembro de 2017

alucinógenos

Anvisa proíbe venda de 22 novas drogas sintéticas no país

18 FEV 2014Por Folhapress14h:45

A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ampliou, na manhã de hoje, a lista de drogas sintéticas proibidas no país. Assim, 22 substâncias serão incluídas na categoria de psicotrópicos de uso e venda proibidos no Brasil.

São substâncias com efeitos alucinógenos e estimulantes, semelhantes a drogas já banidas como Ecstasy e LSD. A lista, integrada por alucinógenos compostos da série NBOMe e pela metilona, atende em parte a pedidos da Polícia Federal e outras autoridades de repressão às drogas.

Com a aprovação, o uso e a venda dessas "novas" drogas passam a ser crimes no Brasil. Para isso, porém, ainda é preciso que a Anvisa publique uma resolução com a decisão desta terça o que deve ocorrer ainda essa semana.

Das 22 substâncias, o alucinógeno 2C-B teve a categoria trocada: deixou de ser sujeito a controle especial e se tornou proibido no país.

Outras duas substâncias o tapentadol e a teriflunomida foram incluídas na lista de drogas sujeitas a controle especial. Ambos estão presentes em medicamentos que podem chegar ao mercado. 

Leia Também