Sábado, 23 de Junho de 2018

Anvisa proíbe comércio e importação de cigarro eletrônico

31 AGO 2009Por 13h:15
     

         

         

A Anvisa proibiu o comércio e a importação do cigarro eletrônico, que é um dispositivo eletrônico usado para simular o ato de fumar. A proibição de produtos que se apresentem como alternativa ao tratamento do tabagismo é válida para todo o país e levou em consideração a falta de comprovação científica sobre a eficácia e segurança do produto. O cigarro eletrônico nunca teve registro no país. Formado por um inalador, um cartucho, um chip e uma bateria recarregável, o cigarro tem aparência semelhante ao convencional e emite um vapor não prejudicial à saúde. Mas em análise realizada pela Organização Mundial da Saúde, foi constatadas diversas substâncias tóxicas envolvidas em sua fabricação.

Com informações da Agência Brasil

Leia Também