Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ALERTA

Anvisa proíbe a venda de quatro suplementos alimentares

17 FEV 14 - 11h:44terra

MHP, fabricado por Maximum Human Performance Inc. e importado por Macroex Comercial Importadora e Exportadora Ltda, foi suspenso por apresentar BCAA (aminoácidos de cadeia ramificada) e por não se enquadrar em nenhuma das classificações previstas pela Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Já o Suplemento de Cafeína para atletas, marca Alert 8 Hour-MHP, fabricado por Maximum Human Performance Inc. e importado por Macroex Comercial Importadora e Exportadora Ltda, foi suspenso por conter taurina em sua composição.

O produto Carnivor, fabricado por MuscleMeds e distribuído por Nutrition Import Comércio Atacadista de Suplemento Ltda, foi suspenso por apresentar teores de vitamina B12 e B6 acima da ingestão diária recomendada e por apresentar as substâncias glutamina alfa-cetoglutarato (GKC), ornitina alfa-cetoglutarato (OKG), alfa-cetoisocaproato (KIC), que não foram avaliadas quanto à segurança de consumo como alimentos.

Por fim, o produto Probolic-SR-MHP, fabricado por Maximum Human Performance Inc. e importado por Commar Comércio Internacional Ltda, foi suspenso por não haver comprovação de segurança de uso. Esses suplementos geralmente são usados por atletas. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ações trabalhistas fomentam a arrecadação do governo federal
ATRIBUIÇÃO PARALELA

Ações trabalhistas fomentam a arrecadação da União

Campo Grande será primeira a receber o novo Mais Médicos
SALÁRIO DE R$ 11 MIL

Campo Grande será primeira a receber o novo Mais Médicos

Confira vagas de emprego<br> com salários de até R$ 2 mil
CAMPO GRANDE

Confira vagas de emprego
com salários de até R$ 2 mil

CNN Brasil vai abrir nova temporada de contratações
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

CNN Brasil vai abrir nova temporada de contratações

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião