quarta, 18 de julho de 2018

'OBJETOS ESTRANHOS'

Anvisa interdita lote do chá de erva-doce Dr. Oetker e outros seis produtos

26 JAN 2011Por estadão23h:00

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou nesta quarta-feira, 26, um lote do chá de erva-doce da marca Dr. Oetker após um laudo detectar a presença de pelos de roedores e fragmentos de insetos nas amostras.

A Dr. Oetker informou que toda a matéria-prima é testada e, por isso, pediu à agência um laudo de contraprova. O lote L160T02 tem validade até 1º/12/2011.

A Anvisa também publicou nesta quarta, no Diário Oficial da União, a interdição cautelar de lotes de outros seis produtos alimentícios com resultados insatisfatórios em análises feitas por laboratórios oficiais.

São eles: farinha de milho enriquecida de ferro e ácido fólico da marca Pink, da empresa Alnutri Alimentos Ltda (lote SL 14125L34); doces Mariola, da marca Fan; feijão preto comum da marca Rio Belo, da Cerealista BBS (lote 03); macarrão oriental da marca Bi-Fum, da Bi-Fum Produtos Alimentícios Ltda (lote 011); massas caseiras pré-cozidas - lasanha/canelone da marca La Sila; e amendoim da marca Melhor, da GG Alimentos Indústria e Comércio Ltda (lote 0013).

A interdição cautelar vale por 90 dias após a data de publicação no Diário Oficial. Nesse período, o produto interditado não deve ser consumido nem comercializado. As pessoas que já tiverem adquirido algum item desses lotes devem interromper o consumo.



Leia Também