Sábado, 23 de Junho de 2018

Anvisa criou novas regras para operações estéticas

2 MAR 2009Por 15h:42
     

         

         

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que a partir de agora, os hospitais que fizerem cirurgias abdominais, lipoaspirações e plásticas de mama ficarão responsáveis pelo acompanhamento médico dos pacientes por, no mínimo, três meses. Se houver necessidade, o paciente terá o direito de voltar ao hospital até dois anos depois da operação.

Além disso, a Anvisa proibiu a esterilização feita por meio de líquidos dos instrumentos usados nesses tipos de cirurgias. Em todo o Brasil, nos últimos cinco anos, a agência registrou mais de 2.100 casos de infecção por micobactéria, em que as vítimas ficam com lesões permanentes.

        Com informações do G1

Leia Também