Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

APOIADORES DO PSD

Antônio João quer conseguir até 40 mil assinaturas em MS

13 ABR 2011Por CLODOALDO SILVA/Rosana Siqueira11h:24

O ex-senador Antonio João Hugo Rodrigues que vai comandar o Partido Social Democrático (PSD) em Mato Grosso do Sul destacou hoje na fundação do PSD, em Brasília, que pretende buscar de 30 a 40 mil assinaturas de apoiadores ao partido em Mato Grosso do Sul. "Esta será a minha meta no Estado", frisou durante o evento que acontece agora, na Câmara dos Deputados. A solenidade conta ainda com a presença da senadora Kátia Abreu que saiu do DEM para fazer parte da nova sigla.

Segundo o empresário no Estado, a meta é reforçar a agremiação atraindo lideranças "insatisfeitas" de outras siglas. A busca por correligionários começará na sexta-feira (15), quando Antonio João se reunirá com o prefeito de Dourados, Murilo Zauith (DEM).

"Ele (Kassab) estava procurando (alguém para comandar o PSD no Estado) e eu procurando (um partido), então, ficou fácil", resumiu Antonio João sobre o convite para comandar a legenda em Mato Grosso do Sul.

Sobre a conversa de com o prefeito de São Paulo, o ex-suplente de senador revelou-se animado: "vamos montar um partido forte, de gestão moderna e comprometido com os interesses de Campo Grande, do Estado e do País".

Para Antonio João, uma das vantagens de ingressar ao PSD é a "chance de mudar de partido sem sofrer penalização". Atualmente, o político eleito que mudar de sigla perderá o mandato, a menos que se configure incorporação ou fusão de legenda, criação de novo partido, desvio de programa partidário e grave discriminação pessoal.

Leia Também