Quarta, 24 de Janeiro de 2018

Antiinflamatório Prexige tem venda proibida em SP

18 JUL 2008Por 21h:30
     

        O CVS (Centro Estadual de Vigilância Sanitária) vai proibir a venda, em todo o Estado de São Paulo, do antiinflamatório top de linha Prexige, fabricado pelo laboratório Novartis. A decisão foi tomada após os técnicos receberem 609 notificações de efeitos colaterais de usuários do remédio, sendo 147 delas graves. Entre as reações mais recorrentes estão arritmia, hipertensão, hepatite, pancreatite e hemorragia. O produto, usado para o controle de dor, é o segundo mais vendido no Brasil da categoria sem esteróides, com faturamento anual na ordem de R$ 90 milhões.

        Com informações do Diário Online

Leia Também