Segunda, 23 de Abril de 2018

Anistia condena violência e trabalho escravo em canaviais

28 MAI 2008Por 08h:30
     

        A Anistia Internacional, em seu relatório de 2008, comemorativo aos 60 anos da Declaração dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) e divulgado na manhã de hoje em Londres, denuncia uma série de violências que ocorrem contra a vida humana no Brasil, tanto na área indígena como na de outras populações marginalizadas. A Anistia salienta que a tortura e a violência policial prosseguem por aqui, além da existências de gangues criminosas e menciona ainda o trabalho escravo em canaviais.

        Com informações do Estadão

Leia Também