Terça, 20 de Fevereiro de 2018

AMAMBAI

Animal morto é confundido com feto no interior

26 DEZ 2010Por A GAZETA NEWS13h:03

Um animal morto e enrolado em uma manta chamou a atenção dos moradores e acabou se tornando “caso de polícia”, na tarde desse sábado de Natal na região do Estádio Municipal Ernesto Landolfi, em Amambai.

O animal, que por conta do avançado estado de decomposição não foi distinguido se se tratava de um pequeno cachorro ou um macaco, foi confundido pelos moradores com um feto humano, motivo pelo qual se gerou todo o alvoroço.

A Polícia Militar foi chamada e constatou que o “cadáver” tinha uma pequena coleira no pescoço, mas pela posição que se encontrava não era possível identificar de que se tratava.

Por precaução, já que havia denúncia de que se tratava de um feto humano, os PMs resolveram acionar a Polícia Civil, que é a responsável pela perícia em locais de crimes e incidentes.

Com a chagada da PC, os restos mortais foram movidos, só então foi possível constatar que a carcaça se tratava de um animal e não de um ser humano, como havia sido comunicado anonimamente à central de comunicações da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, com sede em Amambai.

Leia Também