Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Anel rodoviário é lançado sem a presença de políticos do PMDB e do PT

23 JUL 2009Por 22h:53
     

        Silvio Andrade, de Corumbá

         

Depois de três tentativas para lançar obras rodoviárias em Corumbá já em andamento e com recursos federais, adiadas por mau tempo, o governador André Puccinelli (PMDB) determinou que o ato público acontecesse como o previsto, hoje à tarde. Ele pediu que o ex-governador e superintendente do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Marcelo Miranda, o representasse.

A cerimônia ocorreu sob frio intenso, neblina e pôs fim a polêmica aberta por petistas, que acusam o Governo de fazer publicidade em cima de verbas federais. Líderes do partido afirmam que o governador iria lançar a obra, que está praticamente concluída, para capitalizar votos em cima de investimentos da União. Por isso, os petistas iam em peso para Corumbá para deixar claro que a obra foi paga pelo Governo federal. No entanto, o mau tempo esvaziou a cerimônia.

Leia Também