Quinta, 19 de Abril de 2018

Aneel faz leilão para contratação de energia gerada por fontes hídricas

30 JUL 2010Por 16h:00
     

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realiza hoje (30), em São Paulo, o primeiro leilão de energia nova destinado à contratação de energia elétrica gerada exclusivamente por fontes hídricas, ou seja, usinas hidrelétricas ou pequenas centrais hidrelétricas. Conduzido pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, o leilão começou às 10h.

Entre os projetos destacam-se as usinas de Garibaldi, que será construída no Rio Canoas, nas cidades catarinenses de Cerro Negro e Abdon Batista; de Ferreira Gomes, que será instalada no Rio Araguari, nos municípios macapaenses de Araguari e Ferreira Gomes; e a de Colíder, a ser implantada no Rio Teles Pires, em Nova Canaã do Norte, Colíder e Itaúba, em Mato Grosso. O início do fornecimento está previsto para 1º de janeiro de 2015.

A previsão é que sejam investidos na Usina de Garibaldi R$ 719,3 milhões e que a potência mínima instalada chegue a 177,9 megawatts (MW). O valor máximo para lance é de R$ 133 por megawatt/hora (MW/h).

O custo estimado da Usina de Ferreira Gomes é de R$ 810,7 milhões e a potência instalada mínima, de 252 MW, com valor máximo para lance de R$ 83 por MW/h.

No caso da Usina de Colíder, o investimento estimado é de R$ 1,2 bilhão e o teto do lance é de R$ 116 por MW/h. A potência instalada mínima deve ser de 300 MW.

Leia Também