Quinta, 21 de Junho de 2018

Aneel e Enersul entram na mira da PF

29 JUL 2008Por 08h:40
     

 

 

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar diretores da Enersul e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) por existirem suspeitas de que eles, em 2003, tenham praticado estelionato, falsidade ideológica e crime contra a economia popular no tarifaço da energia elétrica, que naquele ano chegou a casa dos 51%. O delegado Pio Vergara Alonso solicitou a presença do deputado relator da CPI da Assembléia Legislativa sobre o superfaturamento das contas de energia, Marquinhos Trad, para prestar depoimento como testemunha hoje. A investigação da PF tem a CPI como ponto de partida. 

Leia Também