Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

estádio

Andrés: 'Não acredito mais', sobre o Fielzão

2 MAI 2011Por terra17h:05

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, ironizou a demora para o início das obras do Fielzão, futuro estádio do clube que será erguido em Itaquera, Zona Leste de São Paulo, e que é o favorito para sediar a abertura da Copa de 2014.

- Eu estou igual a maioria da imprensa. Eu sonho, já não acredito mais no estádio do Corinthians. Verdade, estou falando com sinceridade. Não acredito mais não. Uma hora é isso, outra aquilo. Não acredito mais, não. Já estou dando por visto - afirmou nesta segunda-feira, em entrevista coletiva na Federação Paulista de Futebol (FPF), onde foram definidos os mandos de campo das finais do Estadual entre Corinthians e Santos.

No fim do ano passado, o mandatário projetou para o último mês de março o início das obras, o que não aconteceu. A intenção atual é que operários já estejam trabalhando na segunda quinzena deste mês de maio e o término da construção está previsto para novembro de 2013 - assim, o estádio não estaria apto para receber jogos da Copa das Confederações, prevista para o meio do ano.

Na última semana, o Alvinegro entrou em acordo com o Ministério Público, e o clube desembolsará R$ 12 milhões em investimentos sociais na região do estádio, cuja capacidade deve ser para 65 mil pessoas. O Corinthians ainda contará com a ajuda da construtora Odebrecht para obter o financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com incentivos fiscais da Prefeitura para pagar a obra, orçada em R$ 650 milhões.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também