Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

André venceu Orcírio em 55 municípios

4 OUT 2010Por 00h:00

Edivaldo Bitencourt e Carlos Henrique Braga

O governador reeleito André Puccinelli (PMDB) venceu em 55 dos 78 municípios de Mato Grosso do Sul. Em 2006, o peemedebista só tinha perdido em sete cidades. O seu adversário, o ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) venceu em 23 municípios, obtendo o maior percentual em Dois Irmãos do Buriti (9,6 mil moradores), administrada por Japão (PT), onde ficou com 70,8% dos votos válidos.
Puccinelli obteve o maior percentual em Alcinópolis (com 4,5 mil eleitores), na região norte e cidade contemplada pela pavimentação da BR-359, onde alcançou 87% dos votos. O petista obteve o seu menor percentual neste município, com 12,53%. Em 2006, ele tinha obtido o maior percentual em Figueirão (85,43%). A votação de Puccinelli caiu em Fátima do Sul, onde teve início sua carreira política, de 80,5%, há quatro anos, para 61,67% neste ano.
Em Três Lagoas, terra da candidata a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), Puccinelli ficou com 60,05% contra 37,95% de José Orcírio. Ele também venceu na cidade de Dourados, da candidata a vice-governadora da oposição, Tatiana Azambuja Ujacow (PV), por 58,7% contra 38,07%.

Maior colégio
Além de Dourados e Três Lagoas, o governador reeleito venceu em mais dois dos maiores colégios eleitorais do Estado. Em Campo Grande, onde foi prefeito duas vezes, Puccinelli ficou com 60,49% (253,9 mil votos) contra 37,07% (155,6 mil) de José Orcírio. Também venceu em Ponta Porã, onde fez 55,36% dos votos, contra 43,23% do petista.
O candidato da oposição conseguiu vencer em Corumbá, terceiro maior colégio eleitoral do Estado, onde ficou com 64,26% dos votos, contra 34,4% do atual governador. A cidade branca é administrada pelo petista Ruiter Cunha.

Reduto petista
José Orcírio venceu nos cinco municípios beneficiados pela pavimentação de 185 quilômetros da MS-384, obra executada em seu governo. Venceu em Guia Lopes da Laguna (57,29% a 42,14%), Jardim (61,21% a 38,36%), Bela Vista (61,65% a 37,81%) e Caracol (60,92% a 38,96%).
O petista ainda venceu em Porto Murtinho, sua terra natal, onde obteve 62,63% contra 37,13%. Ele também ganhou em Nova Andradina, onde ficou com 53,61% dos votos válidos.

Nei Braga
O candidato do PSOL conseguiu a sua maior votação proporcional em Dourados, cidade varrida pelo escândalo da Operação Uragano, que resultou na prisão do prefeito, do vice-prefeito e de nove dos 12 vereadores. Ele ficou com 3,21% em Dourados. Na Capital, o socialista ficou com 2,44%.
Ele teve o pior desempenho em Paranhos (3 votos) e Alcinópolis (2).

Leia Também