terça, 14 de agosto de 2018

André vai leiloar apoio político em 2010

8 JAN 2009Por 23h:39
     

Lívia Ferreira

 

O governador André Puccinelli (PMDB) vai pôr em leilão o seu apoio na sucessão presidencial, mas revelou estar "apaixonado" pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, em função das seis obras de Mato Grosso do Sul incluídas por ela no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). E disse que se o PSDB quiser o seu apoio, tem que lhe mostrar o que pode oferecer.

"Agora eu vou leiloar o apoio do André. Se for o Serra (José Serra governador de São Paulo e possível candidato do PSDB a presidente da República), o que é que o Serra vai me dar? A minha fada madrinha (Dilma Rousseff) eu estou apaixonado por ela. Não casei ainda. O noivado pode ser desmanchado, mas estou apaixonado por ela. Ela pôs o PAC. Não tinha um projeto do PAC. O Governo anterior incompetente (do petista José Orcírio dos Santos) não tinha feito nenhum projeto no PAC. Nós fizemos os projetos e fomos incluídos pela mão da fada madrinha, a mãe do PAC", disse ontem pela manhã na Governadoria, após a solenidade de doação de equipamentos de informática feita pelo Ministério Público Estadual ao Governo do Estado. As afirmações foram feitas após André ser comunicado por jornalistas de que o PSDB estaria incomodado com a possibilidade de ele apoiar o PT na disputa pela Presidência da República em 2010.

         

Leia Também