Terça, 19 de Junho de 2018

André nega acordo com o PDT para indicar o vice de Nelsino

5 MAI 2008Por 22h:45
     

Lidiane Kober

 

Apesar de alguns vereadores de Campo Grande atestarem que a indicação do deputado federal Dagoberto Nogueira para ocupar a vaga de vice na chapa do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) partiu do governador André Puccinelli (PMDB), ele disse hoje que nunca firmou compromisso com o PDT no sentido de entregar a vaga ao parlamentar. Além disso, o chefe do Executivo revelou que, por ele, a vaga ficaria com o deputado federal, Waldir Neves (PSDB).

No entanto, o governador não negou que conversou com dirigentes pedetistas. "Ouvi reivindicações do partido, mas falar não tira pedaços. Agora, eu, André Puccinelli, nunca assumi compromisso com o Dagoberto ou com o PDT para que ele seja o vice. Isso é pepino do prefeito. Ele que resolva. Me inclua fora dessa", afirmou.

Segundo o governador, a intenção era ver Waldir Neves na cadeira de vice. "Se o Waldir ficasse com o cargo puxaria o Marçal Filho, que é o primeiro suplente da coligação, para a Câmara federal. Seria mais um do PMDB lá", explicou.

Leia Também