Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

André mapeará Estado para concentrar a sua campanha

4 AGO 10 - 08h:18
Fernanda Brigatti

A coordenação da campanha à reeleição do governador André Puccinelli (PMDB) está mapeando as regiões do Estado que devem receber maior atenção do candidato até o fim do período eleitoral.  Com 52% das intenções de voto, segundo pesquisa do Ibope, André vê o resultado com cautela e afirma que se trata de um cenário pontual.
Na tarde de ontem, o governador fez corpo a corpo no comércio da Rua Spipe Calarge, na Vila Carlota, e em vias adjacentes. Lá, disse que os resultados prévios animam, mas não podem se transformar em acomodação. “É sempre animador um resultado assim, mas tem que continuar. Pesquisa é retrato somente do momento em que é feito”, afirmou.
Na Vila Carlota, André seguiu a liturgia das caminhadas. De porta em porta, entregou santinhos, cumprimentou crianças. Na farmácia, subiu na balança, na oficina mecânica discutiu futebol.
A cada um que encontrava, explicava os seis votos a que o eleitor tem escolha neste ano. Depois de declarar seus votos “locais”, o governador perguntava ao eleitor sobre a preferência para presidente. Se escuta que é por Dilma Rousseff (PT), a candidata do presidente Lula, André não discordava. “Eu voto no Serra”, respondia o governador. Quando o voto é no presidenciável tucano, ele faz o mesmo, endossando a escolha do eleitor.
Ontem, André foi acompanhado pela primeira-dama de Campo Grande, Antonieta Trad (PMDB), suplente na chapa de Waldemir Moka (PMDB) ao Senado, e por candidatos a deputado federal e estadual, cabos eleitorais e líderes comunitários.
Agenda
Também na terça-feira (3), o candidato da oposição José Orcírio dos Santos (PT) viajou para São Paulo (SP), onde passou o dia, e à noite foi a Brasília (DF). Na Capital Federal, ele se reuniu com o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, também para tratar da disputa pelo governo. A viagem do petista teria sido em busca de recursos para a campanha em Mato Grosso do Sul.
O candidato do PSOL, Nei Braga, fez caminhada na Rua 14 de Julho, no Centro de Campo Grande, e à noite se reuniu com eleitores no bairro Coronel Antonino.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Justiça mantém Jamil Name na prisão
MILÍCIA ARMADA

Justiça mantém Jamil Name na prisão

PACOTE

Lei anticrime entra em vigor hoje

Projeto foi sancionado pelo governo em 24 de dezembro de 2019
Novos conhecimentos
TELEVISÃO

Novos conhecimentos

Coluna com dicas e novidades <br>sobre automóveis
CARMAIS

Coluna com dicas e novidades
sobre automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião