MATO GROSSO DO SUL

André estima Orçamento 2013 em R$ 11,3 bilhões

André estima Orçamento 2013 em R$ 11,3 bilhões
27/06/2012 00:02 - EDIVALDO BITENCOURT


Apesar do Estado sofrer os impactos das reduções tributárias do Governo federal para elevar o consumo e enfrentar a crise econômica mundial, o Governo estadual aposta no aumento dos repasses voluntários da União para compensar a queda nos valores constitucionais e elevar o Orçamento em 15,2% em 2013, de R$ 9,857 bilhões para R$ 11,357 bilhões em valores correntes.

A estimativa otimista, três vezes superior aos 5,37% de crescimento deste ano, está baseada na confiança do governador André Puccinelli (PMDB) de que os estados serão compensados pela redução nos repasses constitucionais. Somente com a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), cobrada sobre a gasolina, que foi zerada nesta semana, o Estado perderá R$ 24 milhões por ano.

Nesta semana, a presidente Dilma Rousseff (PT) zerou a taxa para evitar o repasse do reajuste de 7,83% na gasolina pela Petrobras para os consumidores. Puccinelli explicou que o povão vai adorar a medida, mas MS perderá R$ 2 milhões por mês sem a contribuição.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".