segunda, 16 de julho de 2018

cerimônia

André diz que só irá à posse de Dilma se ela insistir

7 DEZ 2010Por Maria Matheus03h:10

O governador André Puccinelli disse que só irá à cerimônia de posse da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) se ela insistir em ter sua presença. "Eu não fui oposição? Então, só se houver convite intensivo".

Recentemente, o governador comentou que espera Dilma convidá-lo para conversar. Ele acredita que, apesar de ter apoiado o tucano José Serra nas eleições presidenciais, principal adversário da petista, terá bom relacionamento com o Planalto.

Na ocasião, Puccinelli argumentou que o apoio a Serra era pragmático – visava evitar a candidatura da senadora Marisa Serrano (PSDB) ao Governo do Estado, o que poderia levar as eleições ao segundo turno.

No último sábado, o governador comentou que Dilma o "abandonou no altar" e agora, espera "que ela reconheça que o noivo correto é o que venceu".

O governador estará em Brasília na quarta-feira, para participar de homenagem do PMDB ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na residência do deputado federal Eunício Oliveira (CE). Ele também deve comparecer à cerimônia de posse do ministro Benjamin Ziller na presidência do Tribunal de Contas da União, e do vice, Augusto Nardes. (MM)

Leia Também