Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

André diz que está sendo rejeitado por Dilma

30 JUL 2009Por 23h:47
     

        Karine Cortez

         

Após muito cortejar a sua "fada madrinha", a ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), o governador André Puccinelli (PMDB) está perdendo o encanto ao ver cada vez mais distante a possibilidade de uma aliança com o PT em Mato Grosso do Sul. Durante abertura do Festival de Inverno de Bonito, ele disse que está sendo rejeitado por Dilma e, por conta disso, talvez não a coloque em seu palanque nas eleições de 2010. "Estou sendo rejeitado e um noivo rejeitado fica muito bravo", ameaçou André.

O governador mudou o discurso que era de oferecer dois palanques em sua campanha eleitoral, sendo um para a sua "fada madrinha" e outro ao pré-candidato do PSDB, José Serra, caso não fizesse aliança com o PT. Agora ele pretende ficar apenas com o candidato tucano à sucessão presidencial se continuar sendo rejeitado por Dilma, que nem sequer o recebe em Brasília para discutir política ou mesmo projetos para o Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também