Terça, 23 de Janeiro de 2018

André complica situação de Murilo ao confirmar que ele não integrou sua comitiva

5 MAI 2008Por 21h:15
     

Lidiane Kober

 

O governador André Puccinelli (PMDB) complicou a situação do vice-governador Murilo Zauith (DEM) ao confirmar que ele não integrou sua comitiva na viagem aos Estados Unidos, na semana passada. "O Murilo se esteve (nos Estados Unidos), foi para outro canto. No local onde eu fui, ele não estava", declarou.

A informação, além de gerar ainda mais mistério sobre o paradeiro do vice-governador, compromete sua situação, já que Murilo pediu juntamente com André autorização à Assembléia Legislativa para se ausentar do País entre 29 de abril a quatro de maio. Contudo, um dia depois do governador transmitir o comando do Estado para o presidente da Assembléia, Jerson Domingos (PMDB), Murilo foi visto saindo do gabinete do deputado estadual, Londres Machado (PR), sendo que na mesma data Puccinelli já havia embarcado para os Estados Unidos. Murilo teria partido de Campo Grande a São Paulo no início da noite do dia 29.

A resistência de Murilo em assumir o Governo se deve ao interesse em disputar a Prefeitura de Dourados. De acordo com as regras eleitorais, o governante é obrigado a se desincompatibilizar do cargo seis meses antes das eleições. E Murilo, se substituísse André no Executivo, estaria inelegível.

Leia Também