Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

viagem

André busca R$ 70 mi em recuros no DF hoje

21 MAR 2011Por Clodoaldo Silva, de Brasília00h:00

Com objetivo de viabilizar parte dos R$ 70 milhões necessários à pavimentação da rodovia Bonito-Bodoquena e obter recursos para os festivais de Inverno de Bonito e da América do Sul, em Corumbá, o governador André Puccinelli (PMDB) vai se reunir na noite desta segunda-feira (21) com o Ministro do Turismo, Pedro Novais Lima, que tomou posse em janeiro deste ano.
O asfaltamento da estrada é uma das prioridades do governador elencadas no primeiro pronunciamento que fez este ano, quando tomou posse em 1.º de janeiro, ao anunciar o objetivo de colocar em prática as ações das 15 metas que propôs durante a campanha eleitoralao cargo.

Ao todo, para pavimentar os 70 km da MS 178, serão investidos cerca de R$ 70 milhões – a rodovia foi dividida em três trechos. Sendo que na primeira fase – autorizada elo Governo do Estado em 2009, serão aplicados R$ 19 milhões – São R$ 17 milhões do Ministério do Turismo e R$ 2 como contrapartida do Governo estadual, na segunda fase, serão utilizados recursos do BID (Bando Interamericano de Desenvolvimento); a estimativa de custo é de R$ 42 milhões. A terceira fase (estimada em R$8 milhões) terá financiamento do Estado.

O deputado federal Giroto (PR) vai participar da reunião de segunda-feira por ter exercido a função de secretário de Obras até o ano passado. “Temos de concretizar esta meta da atual gestão por representar incremento no turismo do Estado, e consequentemente, mais arrecadação e investimentos na Região”, afirmou o parlamentar.

Chuvas

Na próxima quarta-feira (23), 22 prefeitos que tiveram prejuíízos causados pelo excesso de chuvas dos últimos dias e a bancada federal vão se com o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, para solicitar a liberação de recursos para recuperação dos estragos causados pelas enchentes. Para os deputados Geraldo Resende (PMDB) e Giroto (PR), que agendaram a reunião, o encontro será para explicar “o caos deixado pelas chuvas em cada município, apresentar um balanço e solicitar o dinheiro que garanta a reconstrução das cidades, das estradas e pontes administradas pelos prefeitos”, ressaltou Giroto.

Na semana passada, Bezerra sobrevoou as cidades atingidas pelas enchentes no Estado e após ver a situação liberou R$ 5 milhões, que já foram transferidos aos cofres estaduais. Mas só o Governo do Estado pede outros R$ 109 milhões para reconstruir estradas e pontes e ainda falta recursos para os prefeitos, que vão pleitea-los na próxima quarta-feira.

Leia Também