Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 16h05min

André ameaça dar endereço de desembargadores a criminosos

21 JAN 10 - 05h:54NADYENKA CASTRO
O governador André Puccinelli (PMDB) disse que irá fornecer aos condenados recém- libertados do Presídio de Dois Irmãos do Buriti (PDIB) o endereço de quem os liberou para que, caso voltem a cometer crimes, que o façam próximos a estes responsáveis, numa referência aos três desembargadores da 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. O habeas corpus a internos do PDIB, a pedido da Defensoria Pública, foi concedido pela 1ª Turma, a partir do relatóriovoto do desembargador Dorival Moreira dos Santos. “Vamos dar o endereço de quem liberou, para que se crimes novos forem cometidos, sejam nas quadras dos liberadores”, afirmou. As declarações do governador foram feitas em evento sobre o desempenho da indústria de Mato Grosso do Sul. Puccinelli admitiu que a criminalidade em Campo Grande pode aumentar por conta destes ex-internos e culpa o Judiciário se isto acontecer. “Se vier a aumentar a criminalidade, deploro, mas a culpa cabe a quem libera”. Para o governador, o Tribunal de Justiça poderia ter esperado a inauguração da Colônia Penal Agroindustrial, prevista para março, antes de conceder regime domiciliar a 300 internos do PDIB. “Daqui a 90 dias, no máximo, antecipando nosso crononograma, tem-se uma Colônia Penal Agrícola nova. Não podia (o Judiciário) ter esperado?”, questionou. O chefe da administração estadual continuou a disparar contra o TJ/MS, mas disse que os detentos que conseguiram progressão de pena tinham direito a ela. “Então, pelo direito menor, o Judiciário infringe o direito maior da responsabilidade que nós temos de prestar assistência à sociedade?”, questionou, refletindo a ideia de que o direito da população a uma segurança maior deveria se sobrepor ao direito dos presos. Procurado para falar sobre as declarações do governador, o relator do habeas corpus, desembargador Dorival Moreira, informou por intermédio de sua assessoria que não pretende fazer comentários sobre o assunto, manifestando-se somente em processos. Na terça-feira, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, também admitiu que a ocorrência de crimes na Capital pode aumentar por conta da soltura dos detentos de Dois Irmãos. Na segundafeira o juiz Alysson Kneip Duque deu início à soltura dos presos.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Perícia em MS amplia capacidade de realizar exames de DNA contra crimes
SEGURANÇA PÚBLICA

Perícia amplia realização de exames de DNA contra crimes

Corrente arrecada doações para circo que pegou fogo no Jardim Los Angeles
SOLIDARIEDADE

Corrente arrecada doações para circo que pegou fogo

Idoso tenta matar o próprio filho com espingarda na Capital
UM DIA DE FÚRIA

Idoso ameaça matar o próprio filho com espingarda

Ex-PM que furtou cadáver deixa presídio após aval da Justiça
CASO ROSILEI

Ex-PM que furtou cadáver deixa presídio após 6 dias

Mais Lidas