Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FRATURA NA PERNA

Anderson Silva passa por cirurgia e deve ficar até 6 meses parado

29 DEZ 13 - 09h:15TERRA

O UFC divulgou por meio de seu site oficial como está o estado de saúde do brasileiro Anderson Silva, que fraturou a perna esquerda durante a luta contra o americano Chris Weidman, na madrugada deste domingo, em Las Vegas, no Estados Unidos. A entidade informou que a cirurgia foi bem-sucedida, corrigindo as fraturas na tíbia e na fíbula, e que agora o ex-campeão dos pesos médios vai passar por um período de recuperação que varia entre três e seis meses

O atleta foi levado imediatamente após o combate para um hospital em Las Vegas, onde realizou cirurgia para reparar as fraturas com o Dr. Steven Sanders, cirurgião ortopédico do próprio UFC. A nota oficial divulgada no site diz que foi inserida uma haste intramedular na tíbia esquerda de Anderson, enquanto a fíbula quebrada acabou sendo estabilizada e não precisará de uma cirurgia à parte.

Agora, o brasileiro vai permanecer um período curto no hospital e pode ficar até 180 dias fora, como informou o UFC. "Anderson está profundamente tocado pela manifestação de apoio de seus fãs e toda a comunidade MMA. Não houve nenhuma decisão imediata sobre o seu futuro, e ele gentilmente pede privacidade neste momento para lidar com sua lesão e se preparar para voltar para casa", avisou a entidade.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

BRASIL

Governo libera orçamento de universidades federais

BRASIL

Bolsonaro sanciona lei com crédito suplementar para ministérios

Após participar do "Show dos Famosos", Helga Nemeczyk estreia no "Popstar"
PROGRAMA MUSICAL

Após participar do "Show dos Famosos", Helga Nemeczyk estreia no "Popstar"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião