Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

UFC

Anderson já está animado para voltar a treinar

31 DEZ 13 - 08h:00TERRA

Não foi a notícia que os fãs de MMA queriam: apesar de estar melhor, Anderson Silva não recebeu alta nesta segunda-feira, após cirurgia na perna esquerda. O médico que fez a operação, Steven Sanders, deu entrevista coletiva e preferiu ser cauteloso, mas trouxe uma boa notícia - disse que o brasileiro tem perguntado sobre a recuperação e mostrado vontade de treinar MMA novamente, algo que só deve acontecer daqui a seis meses.

De acordo com Sanders, é preciso manter Anderson no Centro Médico Universitário de Las Vegas para controlar seu nível de dor. O uso de antibióticos precisa ser bem observado durante um período indefinido. "Não há prazo para que ele receba alta, porque a lesão é bastante grave", afirmou. Uma haste de titânio foi implantada na tíbia de Anderson e deve ficar para sempre na perna do lutador. O médico relatou que a cirurgia durou menos tempo que o esperado, cerca de uma hora apenas, e que Anderson já usou muletas para se movimentar no quarto. É esperado que em poucas semanas ele possa colocar algum peso na perna esquerda e comece a fazer movimentos com o tornozelo.

Apesar dessas dificuldades no processo de recuperação, Anderson tem mostrado ânimo para voltar a lutar. "A primeira pergunta que ele me fez foi 'quando posso treinar?", contou Sanders, afirmando que ele ainda repetiu essa pergunta outras vezes, tanto no domingo quanto nesta segunda-feira. A possibilidade de aposentadoria parece descartada, mas o lutador não quer se manifestar sobre isso no momento.

Sanders calcula que em seis meses Anderson estará pronto para treinar forte, como já vinha fazendo normalmente. Mas para voltar a lutar ele deve precisar de nove meses. O médico praticamente descartou que a lesão de Anderson tenha acontecido por causa de um excesso de treinos, que poderia ter causado microfraturas preliminares e até uma lesão por estresse. "Não há qualquer sinal de predisposição para uma lesão como essa".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai terão candidatura unificada para Copa
2030

Países terão candidatura unificada para Copa

Frango assado caprese é fácil de fazer e fica uma delícia
JANTAR

Frango assado caprese é fácil de fazer e fica uma delícia

OAB vai entrar com ação para impedir obra da Sanesul às margens de rio
AUDIÊNCIA PÚBLICA

OAB vai entrar com ação para impedir obra da Sanesul às margens de rio

Juiz da infância de Dourados é promovido a desembargador do TJMS
PROMOÇÃO

Juiz da infância de Dourados é promovido a desembargador

Mais Lidas