Domingo, 24 de Junho de 2018

Anatel pretende criar indicador para avaliar serviço de conexão banda larga

12 AGO 2010Por 07h:30
     A velocidade da conexão banda larga móvel deverá ter um indicador específico de avaliação de qualidade. Essa foi uma das propostas apresentadas ontem (11) durante audiência pública para debater a revisão da regulamentação da gestão de qualidade do serviço móvel pessoal, que contava com 173,9 milhões de unidades, em 2009. Para tanto, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) receberá contribuições da sociedade sobre o tema até o próximo dia 26.

 

Segundo a proposta da Anatel, a velocidade de conexão poderá cair no máximo até a metade da capacidade contratada nos horários de pico e para 70% durante o restante do dia. Está previsto ainda um período de adaptação de 12 meses, nos quais será tolerada a oferta de 30% da velocidade nos períodos de maior movimento. A agência também pretende que seja feita uma pesquisa com os usuários para medir o grau de satisfação. Atualmente não há norma que regule a velocidade da banda larga móvel.

 

Leia Também