Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Anac suspende operações de transporte de valores no aeroporto de Caruaru

30 JUL 2010Por 04h:00
     

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou, nesta quinta-feira (29), que as operações de transporte de valores no Aeroporto Oscar Laranjeiras, de Caruaru, Agreste do Estado, sejam suspensas temporariamente. A medida é preventiva e ficará em vigor até que o administrador do aeroporto comprove as condições de segurança para realizar esse tipo de transporte.

Um avião que estava para decolar no Aeroporto Oscar Laranjeiras foi alvo de ladrões, na noite da última segunda-feira (26). Oito homens invadiram o pátio usando uma caminhonete e atiraram várias vezes na asa da aeronave, obrigando o piloto a abrir as portas.

O grupo conseguiu roubar malotes com dinheiro, cheques e documentos, que seriam transportados de Caruaru para o Recife. Após o roubo, os criminosos abandonaram a caminhonete e fugiram em motocicletas. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Anac, a informação da restrição será comunicada por meio de um aviso aos aeronautas, disponível em um sistema da Aeronáutica consultado por todos os pilotos ao prepararem um plano de voo. A ANAC fará também uma inspeção no aeroporto de Caruaru para verificar o cumprimento dos requisitos legais com respeito aos itens de segurança contra atos de interferência ilícita.

Segurança

Sobre a responsabilidade da segurança do Aeroporto Oscar Laranjeira, a Secretaria de Transportes de Pernambuco disse que, em convênio firmado em novembro do ano passado, coube à Prefeitura de Caruaru, entre outros itens, a vigilância do Aeroporto.

A Prefeitura de Caruaru negou essa responsabilidade e falou que essa função é de responsabilidade da Polícia Militar. A assessoria da Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que o policiamento dentro do Aeroporto de Caruaru cabe à Prefeitura.

A assessoria da SDS disse, ainda, que a Infraero também já se pronunciou informando que a Prefeitura de Caruaru é responsável pela segurança interna do aeroporto.

Investigação

O piloto e o tripulante que estavam no avião no momento do crime foram ouvidos pela PF. Outros funcionários e pessoas que estavam a serviço da empresa de segurança que alugou o avião também foram chamados para prestar depoimento.

A Polícia Federal (PF) localizou, na manhã da quarta (28), parte dos malotes roubados do avião. Alguns cheques foram encontrados espalhados pelo mangue sob a ponte Motocolombó, que liga o bairro de Afogados a Imbiribeira.

Não há informações sobre a quantidade exata de cheques. Ninguém foi preso. O material será analisado pelo IC e os resultados serão encaminhados para a Polícia Federal de Caruaru, responsável pelo caso.

        A PF também fez a perícia na caminhonete, que foi usada pelos bandidos para assaltar o avião e novas testemunhas também devem ser ouvidas.

         

        (Fonte: pe36graus)

Leia Também