Terça, 19 de Junho de 2018

América Latina não está imune à crise alimentar, alerta a ONU

5 MAI 2008Por 18h:40
     

        A América Latina não está imune à crise alimentar, mesmo sendo um dos principais locais de produção agrícola do planeta. Dez milhões de latino-americanos podem se somar à camada mais miserável da população mundial diante da crise com a alta dos preços dos alimentos no mundo. Dados da Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) e da Organização das Nações Unidas (ONU) alertam que a crise atinge já a todos os continentes. Na região, os mais afetados são os centro-americanos.

         

        Com informações do Estadão

Leia Também