Ameaça de bomba interdita rua na região da Avenida Paulista

Ameaça de bomba interdita rua na região da Avenida Paulista
26/08/2012 19:00 - G1


Uma ameaça de bomba recebida pela Polícia Militar na manhã deste domingo (26) interditou, das 12h30 às 14h30, a Rua Desembargador Eliseu Guilherme, na Vila Mariana. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a via teve o trânsito suspenso entre a Rua Afonso de Freitas e a Rua Abílio Soares por motivos de segurança.

A Polícia Militar de São Paulo afirmou ao G1 que recebeu a denúncia de ameaça de bomba por volta das 11h e que o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado. A sala de imprensa da corporação, porém, não soube dar mais detalhes sobre a ocorrência.

Moradora na mesma rua, a dona de casa Fátima Savi, de 52 anos, afirma que tentou sair de casa por volta das 10h30 para comprar pão na Rua Cubatão e um policial inicialmente a impediu, mas deixou que saísse após alguma insistência.

"Ele falou que não podia sair porque tinham colocado uma bomba e que estava em uma caixa de pizza", afirmou. De acordo com ela, a caixa foi colocada em um trecho da rua onde funcionam loja, pousada e uma grande empresa de telemarketing. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".