Terça, 23 de Janeiro de 2018

Amarildo nega envolvimento com André Puccinelli e mantém candidatura no PT

4 AGO 2009Por 23h:10
     

        Lidiane Kober

         

O deputado estadual Amarildo Cruz mantém a candidatura a presidente do PT e diz que não tem culpa de contar com o apoio do deputado federal Antônio Carlos Biffi, que defende a aliança com o PMDB. Um petista influente, que pediu para não ser identificado, acusou Amarildo de estar ao lado de Biffi em acordo com o governador André Puccinelli (PMDB) para desestabilizar o consenso entre as duas principais estrelas do partido, mas o deputado negou participação no esquema e reafirmou que defende o enfrentamento com o PMDB, em 2010.

        A suspeita recaiu sobre Amarildo diante da resistência à pressão para desistir de disputar a reeleição como presidente do PT. Ele teria, segundo um petista influente, recebido a sinalização de Puccinelli para permanecer na disputa em troca de apoio à sua reeleição de deputado estadual. "Não preciso do apoio do governador para conseguir mais um mandato", afirmou.

Leia Também