Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

AMANHÃ NO CORREIO DO ESADO - Novo ponto eletrônico afetará 50 mil empresas de MS

5 AGO 2010Por 23h:30
     

Pelo menos 49 mil empresas do comércio e indústria de Mato Grosso do Sul, com dez ou mais funcionários, terão de trocar o ponto eletrônico de registro de jornada de trabalho por modelo que emite comprovantes de entrada e saída. A troca, determinada em portaria do Ministério do Trabalho, deve ocorrer em menos de 20 dias e pretende dar mais transparência ao registro de ponto.

O que incomoda empresários, e divide opiniões, além do investimento extra, é esperar até 60 dias para receber o aparelho. Em Campo Grande, as poucas lojas que vendem as máquinas não têm estoque suficiente para atender à demanda causada pela nova norma.

                Os preços variam entre R$ 3,6 mil e R$ 5 mil.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também