POLÍTICA

Alunos têm lição de cidadania

Alunos têm lição de cidadania
19/03/2010 04:10 -


A lunos do Projeto Orquestra Jovem, da Fundação Barbosa Rodrigues, participaram na tarde de ontem de uma campanha de conscientização no combate à dengue, no cruzamento da Avenida Calógeras com a Rua Mário Correia. A iniciativa faz parte do Projeto Cidadania, que abrange todas as atividades da fundação. Alguns integrantes da orquestra, além do professor Wagner Sávio e do maestro Eduardo Martinelli, estiveram no local portando faixas, cartazes e distribuindo panfletos para os motoristas. Sávio lembra que a ideia de promover essa ação surgiu após vários alunos terem sido infectados pela doença. Fantasiado de Aedes aeg ypti, o mosquito transmissor da dengue, o professor entregou panfletos com medidas sobre como evitar a proliferação do inseto. A ação teve como objetivo conscientizar os alunos de seu papel como cidadãos. “É uma preocupação da Fundação Barbosa Rodrigues fazer de cada indivíduo um agente social, que participe e interaja pelo bem da comunidade”, afirmou o professor. Entre os alunos que participaram da ação, Rafael Henrique Moraes, de 15 anos, explicou que a cidadania não deve ser promovida apenas nas apresentações culturais da Orquestra Jovem. “Meus familiares já tiveram a doença e um vizinho morreu de dengue hemorrágica. É algo em que todos devem se envolver”, pontuou.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".