CAMPO GRANDE

Alunos participam da 2ª edição do 'Escola Segura'

Alunos participam da 2ª edição do 'Escola Segura'
28/06/2012 00:00 - notícias ms


Vinte e quatro escolas estaduais participam da segunda edição do programa “Escola Segura, pelo direito de ir e vir com segurança”. As escolas serão avaliadas pelo cumprimento e empenho progressivo de professores e estudantes na promoção da segurança no trânsito. 

Após o término das atividades, a escola receberá um certificado e um Selo Municipal de Qualidade e Segurança Viária nas modalidades: ouro, prata e bronze de acordo com a pontuação obtida.

O programa tem a finalidade de tratar das questões de segurança no trânsito para tanto foi criada uma estratégia para desenvolvimento em municípios. Baseia-se em parcerias sustentáveis entre o Poder Público, empresas privadas e sociedade civil.

Uma das ações integradas de segurança viária é o Sistema Dinâmico de Melhoria Contínua - SDMC, no qual se insere o programa Escola Segura, que é voltado para a promoção da segurança no trânsito, por meio das comunidades, visando a mudança positiva de comportamento.

Conheça as escolas estaduais que aderiram ao programa Escola Seguras em 2012:

1. AMÉLIO DE CARVALHO BAÍS
2. ARLINDO DE ANDRADE GOMES
3. PROF.ª FAUSTA GARCIA BUENO
4. POLO FRANCISCO CÂNDIDO DE REZENDE
5. JOSÉ MARIA HUGO RODRIGUES
6. LINO VILLACHÁ
7. LÚCIA MARTINS COELHO
8. MANOEL BONIFÁCIO NUNES DA CUNHA
9. 11 DE OUTUBRO
10. ORCIRIO THIAGO DE OLIVEIRA
11. PE. FRANCO DELPIANO
12. PE. MÁRIO BLANDINO
13. PROF. ULISSES SERRA
14. PROFª. BRASILINA FERRAZ MANTERO
15. PROFª. CÉLIA MARIA NAGLIS
16. PROFª. DELMIRA RAMOS DOS SANTOS
17. POLO PROFª. EVANILDA MARIA NERES CAVASSA
18. PROFª. IGNÊS DE LAMÔNICA GUIMARÃES
19. PROFª. JOELINA DE ALMEIDA XAVIER
20. PROFª. MARIA DE LOURDES TOLEDO AREIAS
21. PROFª. THEREZA NORONHA DE CARVALHO
22. RIACHUELO
23. TEOTONIO VILELA
24. WALDEMIR BARROS DA SILVA ZAMENHOF
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".