Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

BOVINOS

Altos custos podem minar meta do confinamento

7 JUN 2011Por da redação00h:01

Mesmo diante da alta de 24% nos custos de produção animal, a Associação Nacional dos Confinadores (Assocon) projeta alta de 31% no volume de gado confinado neste ano. O volume de cabeças abatidas em confinamento deverá atingir 2,6 milhões de cabeças, ante 1,99 milhão foram abatidas em 2010, segundo a entidade, que realizou um levantamento junto a 61 pecuaristas em onze estados.

Menos otimista, Informa Economics FNP estima alta de apenas 15% no montante de animais destinados a confinamentos em 2011, principalmente devido à alta nos custos do boi magro, que em Mato Grosso foi de 17% entre maio de 2010 e o mesmo mês de 2011. “A dieta bovina está mais cara por causa do aumento do custo dos grãos. O preço do boi está caro, mas vai melhorar”, afirma Fabio Maia, diretor executivo da Assocon.

(com dados do Informa Economics FNP)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também