Domingo, 17 de Junho de 2018

Alta do salário mínimo é de 53,46% desde 2002

24 DEZ 2009Por 10h:12
     

                A partir do dia 1º, o salário-mínimo passa a ser de R$ 510, aumento de R$ 45, sobre os R$ 465 pagos durante este ano. Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), no acumulado do governo Lula, os ganhos reais (descontando a inflação) atingem 53,46% - em 2002, o benefício era de R$ 200.

                Ainda segundo o estudo do Dieese, o aumento do salário-mínimo deve injetar até R$ 26,6 bilhões na economia nacional. A arrecadação tributária sobre o consumo terá incremento de R$ 7,7 bilhões. Já o impacto anual sobre as contas da Previdência é de R$ 10,85 bilhões.

                Com informações do Diário Online

Leia Também