quinta, 19 de julho de 2018

Recuo

Alta da Selic e saída de estrangeiros derrubam Bovespa

7 FEV 2011Por Terra00h:01

O recuo da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) em 3,94% no mês de janeiro e a manutenção do índice próximo da estabilidade na primeira semana de fevereiro tem como principais causas o temor do investidor estrangeiro com a entrada de um novo ciclo de alta na taxa básica de inflação (Selic) - agora em 11,25% ao ano -, dados ainda instáveis com relação à recuperação da economia dos Estados Unidos e a alocação de recursos estrangeiros em outros mercados que não os chamados emergentes, como o Brasil.

Segundo levantamento feito pela Economatica, a Bovespa encerrou janeiro com o terceiro pior recuo entre as bolsas latino-americanas e dos EUA, atrás apenas do índice chileno (Ipsa), com baixa de 5,16%, e do mexicano, com queda de 4,07%. Na primeira semana de fevereiro a bolsa brasileira voltava registrar um dos piores resultados entre as bolsas desses países.

Leia Também