Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

ESTACIONAMENTO

Alshop critica proposta de isenção de cobrança

12 MAI 2011Por INFOMONEY00h:01

O desejo de muitos consumidores de chegar a um shopping e não precisar pagar o estacionamento não tem a aprovação da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), que alega que consumidores e lojistas serão prejudicados, caso essa ação seja adotada.

“Impedir a cobrança de estacionamento nos shoppings é uma ação totalmente inviável. Para os consumidores, será o aumento de preços. Se não houver um valor sendo cobrado pelos shoppings em seus pátios, inevitavelmente refletirá em custos adicionais ao lojista, que, consequentemente, terá de repassar as vendas ao consumidor, onerando-os e indo no sentido contrário do que prega a filosofia do bom varejista”, afirma o presidente da entidade, Nabil Sahyoun.

Além disso, o executivo acredita que haverá abusos que prejudicarão o setor. "A não-cobrança certamente acarretará em muitos abusos por parte de algumas pessoas que se sentirão no direito de deixar seus carros parados nestes locais por várias horas, enquanto trabalham ou fazem qualquer outra atividade que não seja em benefício do empreendimento ou lojista”, completa.

Lei
A opinião da Alshop se refere ao projeto de lei, em tramitação na Câmara dos Deputados, que determina o fim da cobrança de estacionamento em shoppings de todo o Brasil.

O PL 2889/1997, de autoria do Deputado Federal João Paulo Cunha (PT-SP), foi debatido no último dia 4 de maio na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), presidida pelo próprio deputado, mas acabou não sendo votada por falta de quórum.

Leia Também