quarta, 18 de julho de 2018

FÓRMULA 1

Alonso mantém cautela e não espera título domingo

2 NOV 2010Por Madrid, Espanha00h:00

Bicampeão da Fórmula 1, Fernando Alonso garantiu os mundiais de 2005 e 2006 no GP do Brasil. Líder da atual temporada e com chances de conquistar o terceiro troféu da categoria em São Paulo, o espanhol mantém a cautela pregada pela Ferrari e diz não pensar em vencer o título deste ano na prova de domingo, em Interlagos.

"Toda vez que eu vou para São Paulo é uma sensação especial e a atmosfera é muito boa. Eu não quero pensar na possibilidade de a história se repetir pela terceira vez. Eu sei que teoricamente é possível, mas isto não conta para mim", declarou o piloto, que reforçou o discurso cauteloso da Ferrari.

"Nós queremos vencer este Grand Prix da mesma forma que fizemos nos outros, concentrando no nosso desempenho, com os pés no chão, tentando fazer um ótimo trabalho, sem cometer erros, com vontade de vencer os nossos rivais. Eu disse antes e direi de novo: faremos as contas em Abu Dhabi", acrescentou o piloto, que vê o clima como um fator decisivo em São Paulo.

"Nos últimos anos, Interlagos teve algumas corridas bastante emocionantes, em parte por causa das características da pista, mas também porque o clima pode ser bastante instável. Este será um fator bastante importante e precisamos estar prontos para enfrentar os mais diferentes cenários", concluiu o piloto da Ferrari.

Por seu turno, após a emocionante corrida de 2008, que lhe rendeu o Mundial da F-1, Lewis Hamilton parte para o circuito de Interlagos ciente de que não tem o melhor carro do grid, mas admite que tudo pode acontecer.

"Independente do que aconteça, será uma briga apertada. Nós vamos para o Brasil sabendo que talvez não tenhamos o carro mais rápido, mas teremos um pacote decente que deverá funcionar bem", disse Hamilton. "Nós temos um forte motor e boa velocidade nas retas, então eu acredito que ainda conseguiremos ser rápidos. Crucialmente, esta combinação pode nos dar a oportunidade de ultrapassar na primeira curva, o melhor lugar para fazer isso na pista", acrescentou o piloto da McLaren.

Leia Também