domingo, 22 de julho de 2018

Almoçar está 39% mais caro que no começo do ano

10 AGO 2008Por 21h:00
     

        Vera Halfen

        O custo dos componentes do almoço para alimentar quatro pessoas - desconsiderando o óleo, sal, cebola, alho e o gás- está 39,4% mais caro se comparado ao primeiro mês do ano. O custo do arroz, feijão, batata, carne, tomates e alface, que estava em R$ 11,46, em janeiro, pulou para R$ 15,97. Nos sete primeiros do ano, a inflação oficial em Campo Grande (IPC), que não contabiliza somente os alimentos, está em 2,9%.

Leia Também