Terça, 20 de Fevereiro de 2018

DEZEMBRO

Alimentos respondem por 62% do IPCA-15

21 DEZ 2010Por INFONOMEY09h:17

Os preços dos alimentos desaceleraram em dezembro, mas ainda responderam pela maior parte do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15), 62%, o que equivale a 0,43 ponto percentual no resultado mensal do índice.

Divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (21), o IPCA-15 teve variação de 0,69% no décimo segundo mês de 2010, ante 0,86% em novembro.

O grupo Alimentação e Bebidas, que passou de 2,11% para 1,84%, foi um dos responsáveis pelo resultado do período, refletindo as desacelerações nos preços de produtos como açúcar cristal ( de 14,05% para 4,12%), pão francês (1,88% para 0,25%) e leite pasteurizado (de 1,53% para 1,47%).

Além disso, na passagem de novembro para dezembro, alguns produtos ficaram mais baratos, é o caso do feijão carioca (-12,72%), feijão preto (-0,46%) e batata-inglesa (-3,62%).

Outros itens
Itens como o etanol ( de 6,75% para 2,13%), gasolina (de 1,92% para 0,07%), salários dos empregados domésticos (de 1,34% para 0,73%), artigos de vestuário (de 1,17% para 0,96%), aluguel residencial (de 1,05% para 0,73%) e artigos de TV, som e informática (de -1,35% para -3,45%) também contribuíram para o resultado do IPCA-15 em dezembro.

Dentre os grupos, os que mais mais impactaram o resultado do índice este mês, além de Alimentação e Bebidas, foram Habitação (de 0,58% para 0,51%), Artigos de Residência (de 0,21% para -0,34%), Vestuário (de 1,17% para 0,96%), Transportes (de 0,47% para 0,17%), Despesas Pessoais (de 0,75% para 0,53%) e Comunicação (de 0,43% para 0,17%).

Saúde e Cuidados Pessoais (0,24% para 0,44%) apresentou movimento contrário no período, enquanto Educação repetiu a taxa apurada um mês antes (0,02%).

Acumulado
O Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 ficou em 5,79% no acumulado do ano, resultado acima do acumulado no mesmo período de 2009 (4,18%). No confronto de dezembro deste ano com o do ano passado, a diferença é de 0,31 ponto percentual, já que, no décimo segundo mês de 2009, o índice foi de 0,38%.

Leia Também