Segunda, 18 de Junho de 2018

Alimentos puxam a queda de 0,61% do IPC-S

23 DEZ 2008Por 08h:10
     

 

 

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), da Fundação Getúlio Vargas, mostrou desaceleração nas quatro semanas encerradas ontem (22), de acordo com números divulgados nesta terça-feira (23). O índice marcou 0,61%, 0,12 ponto percentual a menos que o resultado de 0,73% da semana encerrada no dia 15.

 

A principal contribuição para a queda no índice foi do item alimentação, cuja alta caiu de 1,34% para 0,88% de uma semana para a outra. O único grupo que registrou alta na semana, de acordo com a FGV, foi saúde e cuidados pessoais, cuja alta nos preços passou de 0,62% para 0,71% nas semanas encerradas no dia 15 e no dia 22.

 

Considerados os produtos, as maiores influências para a alta do índice foram: tomate (+64,55%), aluguel residencial (+0,86%), tarifa de ônibus urbano (+0,65%) e cebola (+13,45%). As influências que ajudaram a equilibrar o índice, com quedas nos preços, foram: limão (-32,16%), feijão carioquinha (-18,49%), óleo de soja (-4,83%) e carne moída (-2,33%).

 

Com informações do site G1

Leia Também