Segunda, 18 de Junho de 2018

Aliança com rivais deixa petistas preocupados em virar cabos eleitorais do PMDB

15 MAR 2009Por 20h:50
     

Adilson Trindade

        A grande preocupação do PT na aliança com o PMDB é não se transformar em cabo eleitoral dos candidatos a deputado federal e estadual e coveiro dos parlamentares petistas que poderão "morrer" nas urnas. A avaliação de deputados do PT é que a aliança interessa ao comando nacional do partido, ao PMDB, à ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e ao governador André Puccinelli (PMDB). Menos ao PT de Mato Grosso do Sul, que pode sofrer abalo estrutural com esta aliança. "Será um suicídio", alertou o ex-governador José Orcírio dos Santos em conversa com o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu, que veio ao Estado intermediar o fim da crise no PT e as negociações com o PMDB.

Leia Também