Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Aliança com PMDB em MS não é prioridade para o PT nacional

8 JUN 2009Por 23h:59
     

        Karine Cortez e Adilson Trindade

         

A aliança com o PMDB em Mato Grosso do Sul não é prioridade para o comando nacional do PT, que está mais preocupado em sacrificar candidaturas próprias nos grandes Estados para juntar os dois partidos no palanque da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na disputa pela Presidência da República. Desta forma, o PT está liberado para enfrentar o governador André Puccinelli (PMDB) em 2010.

        O deputado federal Vander Loubet (PT) justificou que Mato Grosso do Sul ficou fora da grande coalizão de partidos pró-Dilma, porque o eleitorado do Estado apresenta apenas 0,53% do colégio eleitoral nacional. Segundo o parlamentar, Mato Grosso do Sul não é e nunca foi um Estado onde o comando nacional do partido apontava como prioridade para aliança.

Leia Também