Terça, 20 de Fevereiro de 2018

ESTUDO

Alcoolismo é influência genética e faz jovens casarem mais cedo

22 JAN 2011Por Uol08h:33

O alcoolismo faz com que as pessoas demorem mais para casar e se separem mais cedo, segundo novo estudo da Universidade de Indiana, que será publicado em abril em periódico sobre alcoolismo. Além disso, os cientistas também concluíram que influências genéticas contribuem para o vício, tanto em homens quanto em mulheres.

De acordo com a pesquisa, mulheres alcoólatras têm 23% menos chances de se casar, já os homens viciados casam 36% menos após os 29 anos. A probabilidade de haver separação é duas vezes maior e ocorre mais cedo.

Como os pesquisadores usaram gêmeos fraternos e idênticos nos testes, eles puderam constatar que há influência genética na dependência ao álcool. Entretanto, destacam que estudos adicionais são necessários para entender o papel dos genes e sua interação com o ambiente.

A pesquisa recrutou mais de 5 mil gêmeos australianos no início da década de 80, e os acompanhou identificando a dependência do álcool e marcando o ano do primeiro casamento e separação das pessoas entre 28 e 92 anos.

Leia Também