Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

São Paulo

Alckmin é recebido com vaias em evento de 1º de Maio

1 MAI 2011Por R712h:22

 

Convidado por centrais sindicais a participar do evento de 1º de Maio na região central de São Paulo, o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), foi recebido com vaias por parte do público que acompanha o evento. Segundo estimativa dos organizadores, mais de um milhão de pessoas prestigiaram o evento apenas na parte da manhã.

Alckmin subiu ao palco para falar da ligação do seu governo com os trabalhadores e minimizou a recepção hostil. [A vaia] Foi uma coisa localizada, de pouca gente. Mas uma recepção muita carinhosa com o trabalhador de São Paulo.

O ato político do 1º de Maio, que interrompeu a programação de shows e de sorteios de prêmios, reuniu ministros, deputados e outros políticos de diferentes partidos.

Além do governador paulista, o senador Aécio Neves (PSDB) também foi outro tucano a subir no palco e discursar. Desta vez, sem vaias, ele pediu atenção à crescente taxa de juros e lembrou sua parceria com sindicalistas quando foi governador de Minas Gerais. “Precisamos estar cada vez mais vigilantes contra o processo gravíssimo do processo desindustrialização da economia que já assusta a todos”, disse.

O encontro do 1º de Maio unificado em São Paulo está sendo promovido pela Força Sindical, UGT (União Geral de Trabalhadores), CGTB (Confederação Geral dos Trabalhadores do Brasil), Nova Central e CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil). A expectativa era reunir, até o fim do dia, 1,5 milhão de pessoas.

Leia Também