Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

1º de maio

Alckmin ameniza crise do PSDB

1 MAI 2011Por Terra14h:46

O governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin minimizou a crise do PSDB e disse que o partido se mantém forte, durante o ato político realizado neste domingo na festa em comemoração ao Dia Mundial do Trabalho, na Barra Funda, na zona oeste de São Paulo.

"Tenho certeza que o lusco-fusco político vai passar e o PSDB vai sair fortalecido". O senador Aécio Neves (PSDB-MG) seguiu a mesma linha do governador. "Vejo uma valorização muito grande de problemas que todos os partidos estão vivendo. É hora de colocar nossas ideias", afirmou.
 

O Secretario-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, representou Dilma Rousseff ao lado do ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT-RJ). "Uma oposição forte é boa para o governo e para a democracia", defendeu.


Marco Maia (PT-RS), presidente da Câmara, disse que é fundamental que o PSDB supere esse momento de crise. "Sou daqueles que não querem um País monopolístico e unicameral".
Durante o ato, Alckmin ouviu algumas vaias. "Foi um grupo pequeno e organizado, mas a recepção na festa foi boa".


Aécio critica o governo e o PT durante o ato
 

Em rápido discurso no ato poltico durante a festa em comemoração ao Dia do Trabalho, organizada pela Forca Sindical, em Sao Paulo, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) aproveitou para criticar o governo e o PT. "Se o Brasil é hoje um Paés melhor, mais justo, que avança e de desenvolve, isso nao é obra de um governo ou de um partido, isso é obra dos trabalhadores brasileiros", disse.


Ele afirmou ainda que o retorno da inflação "penaliza" a classe trabalhadora e alfinetou centrais que nao fazem parte do grupo organizado pela Forca Sindical. "Aqui estão as centrais sindicais que nao se submetem ao governo, que sabem construir parcerias, mas teem autonomia suficiente para brigar pelo trabalhador".


Aécio saiu do palco da festa antes de Alckmin e nao falou com jornalistas. O governador de Sao Paulo fez um discurso mais breve e disse apoiar a criação de empregos, redução de impostos e qualificação de trabalhadores.


O evento, que tem previsao de termino às 19h, terá ainda sorteio de 20 carros zero 0km e shows de artistas como Luan Santana e Victor & Leo.
 

Leia Também