Terça, 16 de Janeiro de 2018

Airbus não se partiu no ar, diz laudo preliminar

2 JUL 2009Por 17h:00
     

        O Airbus A330 que caiu no Oceano Atlântico no dia 31 de maio quando fazia a rota Rio de Janeiro-Paris não se desintegrou durante o voo, de acordo com relatório preliminar divulgado hoje (2) pelo Escritório de Investigações e Análises (BEA, na sigla em francês). "O avião não foi destruído durante o voo. Ele parece ter atingido a água na direção do voo e com forte aceleração vertical", disse Alain Bouillard, que está à frente das investigações. Ele afirmou ainda que o avião, provavelmente, foi destruído com o impacto na água.
        Segundo Bouillard, foram encontrados coletes salva-vidas não inflados entre os destroços da aeronave e as conclusões foram tiradas a partir da análise de todo o material resgatado. Ele destacou que a causa do acidente ainda não pode ser determinada e que as buscas pelas caixas-pretas da aeronave vão ser estendidas até o dia 10 de julho. A expectativa é de que o material pare de emitir sinais ainda esta semana.

        Com informações da Agência Brasil
        
        

         

Leia Também