Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

iniciativa

Águas Guariroba lança amanhã a campanha De Olho no Óleo

2 JUN 2011Por Da Redação18h:06

A Águas Guariroba comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de Junho) com o lançamento de uma campanha educativa para estimular a coleta seletiva e reciclagem de óleo de cozinha utilizado em Campo Grande – o projeto “De Olho no Óleo”. O lançamento será nesta sexta-feira, dia 03/06, às 10h, na escola estadual Luísa Borges Daniel, à Rua das Ameixas, s/n°, bairro Bom Jardim.

A campanha “De Olho no Óleo” será realizada, inicialmente, em escolas públicas estaduais e municipais da Capital. A ação fará parte do trabalho de educação ambiental já realizado pela empresa nas escolas, o Programa Saúde Nota 10, de conscientização sobre a importância do saneamento básico.

Em sala de aula, a equipe da Águas Guariroba entrega um material educativo, orienta os alunos sobre os prejuízos ambientais causados pelo óleo jogado na natureza ou na rede de esgoto e ensina a melhor forma de armazenar o resíduo: em garrafas pet.

Em cada escola visitada, será disponibilizado um ponto de coleta permanente onde, além dos alunos, a comunidade poderá descartar o óleo usado. O resíduo será coletado e reutilizado para fins industriais pela empresa Girux Ambiental, parceira da campanha. As garrafas pet também serão recicladas.

Para incentivar a participação dos estudantes, foi lançada uma gincana em que a turma que trouxer maior quantidade de óleo usado ganhará um passeio na estação de tratamento de água Guariroba.

O óleo de cozinha pode poluir o solo e a água se jogado diretamente na natureza. Se lançado na rede de esgoto - pelo ralo da pia da cozinha, por exemplo - entope os canos e provoca transtornos com trasbordamentos na rua, na calçada ou até mesmo retorno do esgoto para dentro da casa.

A campanha “De Olho no Óleo” será mais uma alternativa para o descarte de óleo de cozinha utilizado em Campo Grande, contribuindo com projetos já em prática, como o programa RECOL - iniciativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur).
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também